quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Matadores De Sonhos

Nos tempos bíblicos já existiam os “matadores de sonhos”; os arautos do fracasso.
Hoje não são diferente, muitos querem abortar os teus sonhos e levar você ao desânimo e malograr o êxito de seus projetos.

Qual o motivo de tanto rancor, inveja, e perseguição dos irmãos de José? 

Meu irmão, o que me chama a atenção na vida de José é que ele acreditava em seus sonhos. Seus irmãos tinham inveja dele, e projetavam uma maneira de impedir a realização de seus sonhos. Seus irmãos, pois, o invejavam; seu pai, porém, guardava este negócio no seu coração (Gn 37:11).

Entretanto não se assuste se os teus inimigos se levantarem para tentarem impedir a realização dos teus sonhos, seja na igreja, no trabalho ou na sua própria casa, eles não vão conseguir abortar os teus sonhos. Agindo Deus quem impedirá? Ninguém!  

Com isso aprendemos que muitas das vezes os nossos inimigos são os da nossa própria casa. Deus deixou-nos este aviso:- Os inimigos do homem são os da sua própria casa (Miquéias 7:6). Os irmãos de José tramaram contra ele e perseguiram-no de todas as formas, zombando; eles o apelidaram de Sonhador-mor. 

Meu irmão, ainda que zombem de você, podem até rirem dos teus sonhos, mas creia que teus projetos serão realizados em nome do Senhor Jesus; pois é promessa de Deus para tua vida. Ouça o que El Shadai – O Deus –Todo Poderoso te diz:- Que Deus satisfaça os seus desejos, e permita que todos os seus planos deem certo! (Sal 20:4). 

Por inveja José foi jogado no poço, e vendido por seus irmãos. Ainda que sejas lançado em um poço de angustia e dor, e sintas abandonado por todos os teus amigos e até irmãos. Deus está com você neste teu deserto! Serás exaltado no tempo de Deus, creia na palavra de Deus para ti: - Deus marcou o tempo certo para cada coisa. Ele nos deu o desejo de entender as coisas que já aconteceram e as que ainda vão acontecer, porém não nos deixa compreender completamente o que ele faz (Ecl 3:11). 

Você deve estar dizendo:- Eu não estou entendo porque tudo isso está acontecendo comigo! Talvez José também não estivesse compreendendo o porquê Deus estava permitindo acontecer todo este mal com ele. Mas como José, mais tarde, irás entender tudo. 

E José disse: – Cheguem mais perto de mim, por favor. Eles chegaram, e ele continuou: – Eu sou o seu irmão José, aquele que vocês venderam a fim de ser trazido para o Egito. 5-Agora não fiquem tristes nem aborrecidos com vocês mesmos por terem me vendido a fim de ser trazido para cá. Foi para salvar vidas que Deus me enviou na frente de vocês. 8-Portanto, não foram vocês que me mandaram para cá, mas foi Deus. Ele me pôs como o mais alto ministro do rei. (Gn 45:4-8).    

Concluindo estas palavras que Deus colocou no meu coração. Tudo parece que foi uma desgraça para você. Deus permitiu que tudo acontecesse, para que você fique sabendo, que ele está no controle de tudo, e vai transformar isso, numa grande benção para a tua vida. 

Não permita que matem os teus sonhos! Acredite; sonhar é materializar os teus projetos, é trazer a existência as coisas que não existem, como se elas já existissem. Sonhar é ter fé, que Deus vai transformar as impossibilidades em realizações. Porque para Deus não existe nada impossível em suas promessas.                                                                  


                                                                         Pr José Costa

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Noticias sobre a visita do papa Francisco ao Brasil que foram omitidas ou distorcidas por grande parte da mídia.

Muitos fatos que grande parte da mídia em especial a Rede Globo, que teve total exclusividade na cobertura na vinda do papa Francisco não mostrou, e muitos outros que foram omitidos ou distorcidos.

Um dos motivos da vinda do papa ao Brasil é a perda de fiéis para as igrejas evangélicas e do distanciamento dos sacerdotes da comunidade católica; dar um animo novo para os católicos que tem deixado de freqüentar as missas.

O fato que foi notícia quando ele passou em frente a igreja Assembléia de Deus na favela Manguinhos e entrou e rezou com os fiéis. "Caminhando pela comunidade, chegamos até a igreja evangélica. Eu mostrei a ele que eles estavam no templo, e ele pediu para ir até lá para cumprimenta-los. O papa falou com o pastor e com as pessoas que estavam lá, e os convidou a rezarem um Pai Nosso"; disse o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi,que  também comentou a parada do pontífice na Assembleia de Deus. "O papa parou em frente à igreja e rezou com os fiéis da Assembleia de Deus que estavam na porta. Até eles pediram bênção. Foi um momento ecumênico, espontâneo e muito bonito", ressaltou. Fonte: Agencia Brasil
No entanto o pastor em entrevista a jornalistas, informou que a visita do papa foi solicitada antes pela comitiva papal. E que não houve em momento nenhum pedidos de benção ao papa Francisco. O culto seguiu normalmente. Os fiéis receberam muitos peregrinos e ofereceram água e permitiram o uso do banheiro para os católicos peregrinos durante a JMJ.

Na entrevista dada ao jornalista Camarrotti no Fantástico o papa Francisco deixou de falar de assuntos polêmicos como o aborto, e o casamento de pessoas do mesmo sexo. Muitas de suas palavras só foram esclarecidas depois em seu retorno a Roma, em entrevista a jornalistas. Assim mesmo a Globo só deu ênfase quando perguntaram sobre os gays. Só deram ênfase a estas palavras: "Quem sou eu para julgar os gays?". Mas não explicou porque o papa disse isso.

Esta pergunta só foi respondida depois que foi questionado sobre o "escandaloso caso de amor" entre o monsenhor Battista Ricca, nomeado pelo papa Francisco recentemente para um cargo estratégico no Vaticano.

No entanto o papa faz referência ao catecismo universal da igreja Católica, que não condena a orientação homossexual e sim os atos homossexuais como pecaminosos, obriga os gays à castidade, "sem vida afetiva ou sexual". "Nada de novo do Vaticano, apenas uma mudança de estilo. A substância continua sendo a mesma".- disse Aurélio Mancuso -Presidente do Grupo Equalite Itália,defensor da causa gay. Portal Terra

Lobby gay- Segundo "o especialista em Vaticano dessa publicação, Sandro Magister, Ricca faz parte do chamado ", uma rede de influentes prelados homossexuais, "um poder paralelo que trama contra o pontífice".

O atual colaborador do Papa argentino ganhou a confiança de Francisco nos primeiros quatro meses de pontificado, a ponto de ter sido designado seu representante pessoal no Banco da Santa Sé. Dentro do Vaticano, ele é conhecido pela agitada relação homossexual que manteve com um oficial da guarda suíça, quando trabalhava na nunciatura apostólica de Montevidéu, no Uruguai, de 1999 a 2000.

Sobre o aborto e o casamento gay, quando ele era primaz da Argentina não recebeu apoio popular. Em 2010,  o cardeal Jorge Bergoglio opôs-se intensamente contra a lei de casamento entre pessoas do mesmo sexo. O projeto de lei, de autoria do partido socialista, que contou com apoio de grande parte do governo Kirchner e da oposição, foi alvo de duras críticas do futuro papa. Bergoglio afirmou que o casamento entre pessoas do mesmo sexo “é a pretensão destrutiva do plano de Deus”. A Igreja não obteve apoio popular para protestar contra o projeto e fracassou em sua tentativa de impedir a lei.

Bergoglio teve uma relação tensa com o ex-presidente Néstor Kirchner (2003-2007) e com a presidente Cristina Kirchner durante a última década. Kirchner o acusou de “liderar” a oposição. Desde 2004, para não ver Bergoglio de perto – e evitar seus sermões nos quais ressaltava que a pobreza estava novamente crescendo – os Kirchners mudaram a cerimônia religiosa do dia da independência, o Te Deum, para outras cidades argentinas, cancelando as históricas missas em Buenos Aires. No entanto, a eleição de Bergoglio como papa mudou o discurso do governo, que agora é elogioso com o papa Francisco. Fonte Ariel Palacios.

Esperamos que ele seja bem sucedido principalmente nas causas sociais; sua defesa pela pobreza e de uma sociedade mais justa, conforme ele falou na JMJ no Rio de Janeiro. Desejamos que ele tenha mais sucesso do que teve em seu país.
                                          





Livro - Pilares da fé

O “Lavar das mãos” de Pilatos.

    O “Lavar das mãos” de Pilatos. www.pastorjosecosta.com.org 1 – Pilatos era o representante de Roma Para que houvesse a condenação à ...